WhatsApp Pay: como funciona o serviço de pagamentos no app

Team Oberlo Anunciar e promover

11 minutos 0 comentários

Já pensou poder pagar aquela grana que você deve a um amigo ou comprar uma camiseta por meio de uma mensagem de WhatsApp, com a mesma facilidade e rapidez com que você envia uma foto pelo aplicativo? 

A partir de agora, isso vai ser possível.

[ATUALIZAÇÃO: no dia 23/06, o Banco Central e o Cade suspenderam os pagamentos pelo WhatsApp no país.]

Recentemente, Mark Zuckerberg, presidente executivo do Facebook rede social à qual pertence o WhatsApp anunciou a chegada do WhatsApp Pay: um serviço de pagamento pelo WhatsApp. Lá fora ele tem o nome oficial de WhatsApp Payments.

O novo recurso começará a ser disponibilizado gradualmente para aparelhos móveis iPhone (iOS) e Android, tanto para usuários de contas pessoais quanto para contas da versão corporativa do aplicativo, o WhatsApp Business.

Ou seja: agora é ainda mais fácil vender online pelo app.

O WhatsApp Pay permitirá aos seus usuários cadastrados enviar e receber dinheiro por meio do app. A expectativa é que a nova funcionalidade facilite transferências bancárias e ajude  pequenos empreendedores e atingirem clientes situados em diversos estágios do funil de vendas.

Como esse novo recurso de fazer pagamento pelo WhatsApp representa um potencial de negócios imenso, desenvolvemos um pequeno guia explicando tudo o que você precisa saber sobre o novo WhatsApp Pay.

Vamos mostrar em detalhes o que é esse recurso, como ele funciona, a importância dele para os pequenos negócios do Brasil e muito mais. 

Começando, então, pelo início:

Descubra milhares de produtos para começar a vender online. Sem compromisso nem cartão de crédito.

Tenha Oberlo agora. É de graça.

O que é WhatsApp Pay?

O WhatsApp Pay, também chamado de WhatsApp Pagamentos ou WhatsApp Payments, é uma solução pensada para simplificar a transferência de dinheiro entre pessoas físicas e jurídicas dentro do próprio aplicativo WhatsApp.

Amigos e familiares poderão repassar recursos uns para os outros pela versão tradicional do aplicativo, e estabelecimentos comerciais poderão receber pagamentos de seus clientes diretamente pelo WhatsApp Business.

A ação inovadora, que possibilita novas operações de pagamento, é um marco na indústria financeira do Brasil. Essa iniciativa vai fazer muito mais do que facilitar a circulação monetária no país: ela vai abrir as portas do mercado nacional para novas transformações econômicas, e pode revolucionar a forma como os lojistas do comércio físico, do comércio virtual e do dropshipping nacional e/ou internacional fazem negócios.

E a melhor parte? Somos nós, os brasileiros, que vamos descobrir primeiro como fazer pagamento pelo WhatsApp.

Protagonismo: por que o WhatsApp escolheu o Brasil?

WhatsApp Pay no Brasil

Embora o WhatsApp tenha iniciado alguns testes do WhatsApp Pagamentos com um grupo seleto de usuários na Índia, a empresa acabou escolhendo o Brasil para estrear amplamente o seu novo recurso. 

Para quem está familiarizado com a alta aceitação do WhatsApp no Brasil, essa decisão não surpreende. Só para reforçar, abaixo estão alguns números impressionantes levantados por uma pesquisa do Panorama Mobile Time/Opinion Box 2020, que evidenciam a popularidade do aplicativo entre os brasileiros:

  • São 120 milhões de usuários no país;
  • 99% dos celulares no Brasil têm WhatsApp instalado;
  • 98% dos brasileiros utilizam o aplicativo todos os dias;
  • 59% dos brasileiros têm o aplicativo na tela inicial de seus aparelhos móveis;
  • 5 milhões de usuários já instalaram o WhatsApp Business;
  • 72% de lojistas e pequenos empreendedores utilizam o WhatsApp Business;
  • 76% dos usuários se comunicam com marcas via WhatsApp.

Em comunicados oficiais à imprensa, o diretor de operações do WhatsApp, Matt Idema, deixou claro que o fator que acabou pesando a favor da escolha pelo Brasil foi a alta popularidade do aplicativo entre pessoas físicas e jurídicas. Idema também enfatizou a importância das pequenas empresas para o país, dizendo que elas representam um dos principais focos do lançamento do WhatsApp Pay.

O que podemos interpretar das colocações de Idema é que o WhatsApp enxerga um grande potencial de mercado no Brasil. E, como uma empresa pioneira na facilitação da adaptação de pessoas e empresas à economia digital, o WhatsApp só tem a fortalecer ainda mais sua presença no país. 

Como o WhatsApp Pay funciona na prática

De acordo com informações disponibilizadas no site do WhatsApp, o pagamento via WhatsApp vai funcionar da seguinte forma no Brasil: todas as movimentações de dinheiro realizadas dentro do aplicativo serão consideradas transferências bancárias e, por isso mesmo, serão processadas pela Cielo.

Por enquanto, o serviço tem como parceiros os bancos Banco do Brasil, o Sicredi (incluindo a conta digital Woop) e o Nubank, além das bandeiras de cartões de débito e crédito Visa e Mastercard. A estruturação do programa de pagamentos é aberta e permite a eventual entrada de novos participantes.

Isso significa que mesmo que o seu banco ainda não esteja trabalhando com o WhatsApp Pagamentos, há espaço (e tempo) de sobra para aderir ao recurso e ainda assim garantir mais vendas.

Vale lembrar também que o WhatsApp Payment está vinculado ao Facebook Pay. Isso exige que os usuários cadastrem um cartão de débito ou de crédito na plataforma antes de começarem a usar o recurso do app.

Facebook Pay: essencial para usar WhatsApp Pay

Facebook Pay — Imagem: Reprodução/ Facebook.

Vale ressaltar que não é necessário ter uma conta na rede social Facebook para fazer a configuração do recurso de pagamentos no WhatsApp. Como as duas plataformas são integradas, toda a configuração do serviço pode ser feita dentro do aplicativo de mensagens. 

A princípio, o WhatsApp Pagamentos funcionará apenas dentro do próprio aplicativo do WhatsApp. Ou seja: não será possível acessar o recurso pelas versões web ou desktop do WhatsApp.

Diferentemente de outros serviços de pagamento online, como o PayPal, as transferências via WhatsApp Pay são feitas de conta bancária para conta bancária, e por isso mesmo não será possível incorporar a modalidade de pagamentos do WhatsApp a outros sites.

Em outras palavras: você até pode listar o WhatsApp Pay como uma forma de pagamento aceita na sua loja virtual, mas para que o cliente faça o pagamento ele vai precisar abrir o app e enviar o dinheiro por ali. Não há planos de criar uma integração para sites, já que a ideia é justamente manter o diferencial e realizar as transações apenas pelo app.

Regras para transações financeiras realizadas no WhatsApp Pay 

Existem algumas regras para o funcionamento e a utilização do WhatsApp Payments Brasil:

  • Os repasses de dinheiro entre pessoas físicas que possuem contas pessoais no WhatsApp só podem ser feitos a partir de cartões de débito. Já os cartões de crédito podem ser usados somente para efetivar compras em contas empresariais que fazem uso do WhatsApp Business. 
  • Existe um limite de transferência de R$1.000 por transação para contas pessoais, e um limite total de transferência de R$5.000 por mês.
  • Não ultrapassados esses limites, uma pessoa física pode realizar até 20 transações diárias. Não há limites de valores de transações para empresas cadastradas no WhatsApp Business.
  • As transações só podem ser feitas em real e dentro do Brasil.

Sobre as taxas de serviço, o WhatsApp e o Facebook não cobram nenhum tipo de tarifa de contas pessoais, seja por transferências entre contas pessoais ou por compras feitas em contas empresarias do WhatsApp Business. 

Para empresas e comerciantes cadastrados do WhatsApp Business, há uma tarifa fixa de 3,99% pelo processamento de cada venda.

Valores enviados entre pessoas físicas caem direto na conta bancária do respectivo usuário. Já valores referentes a vendas realizadas por pessoas jurídicas são recebidos dentro de dois dias úteis.

Segurança e controle de pagamentos no WhatsApp Pay

É seguro usar o WhatsApp Pay para fazer transação?

Em relação à segurança das transações feitas pelo WhatsApp, cabe relembrar que todas as transferências financeiras são processadas pela Cielo empresa especializada em operações de pagamento já consolidada no Brasil, e uma referência dentro da sua linha de atuação.

Como todas as transações precisam ser aprovadas por meio de biometria ou senha antes de serem efetivadas, não é possível que outras pessoas façam transferências ou pagamentos com o seu WhatsApp sem a sua autorização. 

Além disso, todo o histórico de pagamentos pode ser consultado através do menu de configurações do aplicativo: basta ir até “Ajustes” e selecionar a opção “Pagamentos”. Lá, você verá todos as transferências realizadas, acompanhadas pelo status de cada uma. Os status que podem aparecer são “Efetuado”, “Não efetuado”, “Solicitado”, “Processando”, “Pendente” e “Expirado”.

E quando você for verificar seu extrato bancário, saiba que as operações realizadas com o WhatsApp Pay aparecem com os códigos FBPAY *WA ou FBPAY -WA, seguidos do nome da pessoa que recebeu o valor indicado para fácil identificação.

Para quem está preocupado com o aspecto legal da nova forma de pagamento, o serviço é regulado pela Lei 12.865/2013, referente a métodos eletrônicos de pagamentos.

Como configurar sua conta para fazer pagamentos pelo WhatsApp

Para começar, dentro de uma conversa normal de WhatsApp, você deve clicar no ícone no formato de um clipe de papel ao lado direito de onde diz “Digite uma mensagem”. Se a funcionalidade já estiver liberada no seu aplicativo, você vai ver a opção “Pagamentos”. Basta selecioná-la e seguir os passos apresentados na tela:

  1. Inserir o valor a ser transferido;
  2. Criar uma senha de seis dígitos, o chamado PIN;
  3. Fornecer nome e CPF;
  4. Adicionar dados do cartão de crédito ou débito;
  5. Requisitar o envio do código de verificação (via SMS, e-mail ou aplicativo do banco);
  6. Confirmar o código. 

Como fazer transferências e pagamentos pelo WhatsApp Pay

Uma vez realizada a configuração inicial, é bem simples fazer transferências e pagamentos dentro do aplicativo. Basta seguir os passos abaixo:

  1. Entrar na conversa com a pessoa ou marca para a qual deseja transferir o dinheiro;
  2. Selecionar a opção “Pagamentos” após clicar no ícone clipe de papel;
  3. Inserir o valor a ser transferido;
  4. Selecionar o meio de pagamento;
  5. Confirmar a operação com senha ou biometria.

Como configurar o WhatsApp Business da sua empresa para receber pagamentos 

Pessoas jurídicas devem ter uma conta Cielo para habilitar o serviço de recebimento de pagamentos pelo aplicativo WhatsApp Business. 

Caso a sua empresa ainda não tenha uma conta Cielo, não há problema: dá para criar uma durante o processo de configuração explicado a seguir:

  1. Abrir o recurso de pagamentos;
  2. Clicar em Facebook Pay;
  3. Selecionar “Receber pagamentos por vendas”;
  4. Configurar conta de comerciante Cielo;
  5. Fornecer CPF ou CNPJ;
  6. Inserir dados comerciais (nome e endereço comerciais);
  7. Adicionar seus dados (nome, data de nascimento, e-mail, CPF);
  8. Inserir dados bancários;
  9. Verificar conta;
  10. Esperar até 3 dias úteis para começar a receber pagamentos pelo aplicativo.

Por que o seu negócio deve aceitar pagamentos via WhatsApp Pay

O principal motivo pelo qual você deve processar vendas de produtos e serviços diretamente pelo WhatsApp Business da sua empresa é: facilitar o processo de compras online por parte do cliente. Afinal, quanto mais simples for a jornada de compra, maiores as chances da loja de fazer a fidelização de clientes.

O WhatsApp Pay era a peça que faltava para você fechar o ciclo de compras do cliente no aplicativo. Agora, além  da captação e do atendimento ao cliente, você vai poder realizar também a conclusão da venda dentro de um único canal de comunicação. Isso torna todo o processo de compra e venda muito mais ágil e eficiente, e te dá a chance de descobrir como vender mais e expandir o alcance orgânico da marca.

Outro motivo para considerar a utilização do WhatsApp Pay Brasil é a liquidez do seu negócio, já que, em termos de fluxo de caixa, a nova ferramenta é mais vantajosa que as vendas por cartão de crédito. Enquanto que o sistema de cartões de crédito pode demorar até 40 dias para repassar o valor das vendas, o WhatsApp Pay disponibiliza o seu dinheiro dentro de apenas dois dias úteis.

Mas a ideia não é abandonar as outras formas de receber pagamentos e adotar apenas o WhatsApp Pay, e sim poder oferecer aos seus clientes diferentes alternativas de pagamento. Dessa forma, você diminui as chances de que o cliente perca o interesse na compra só porque ele prefere pagar por um sistema com o qual o seu negócio não trabalha.

Como fazer a integração entre WhatsApp Pagamentos e loja virtual

Como fazer a integração entre WhatsApp Pagamento e loja virtual

Como já foi mencionado anteriormente neste guia, por enquanto, ainda não é possível incorporar a funcionalidade de pagamentos do WhatsApp Pay a outros sites. No entanto, se você já possuir uma loja virtual, isso não quer dizer que ela não poderá se beneficiar da popularidade do aplicativo no Brasil.

Uma das formas de induzir um visitante da sua loja virtual a iniciar uma conversa pelo WhatsApp é instalando um botão no site da loja que o instigue a iniciar uma conversa no app. Uma vez iniciado o diálogo pelo aplicativo de mensagens, você poderá usufruir de todas as suas funcionalidades, inclusive a de pagamentos.

Se você já é lojista da Shopify ou já conhece as lojas Shopify, por exemplo, sabe que a App Store da plataforma oferece vários aplicativos, gratuitos e pagos, que possibilitam a instalação de um botão de acesso ao WhatsApp diretamente no site da loja virtual.

Lembre-se: o atendimento online instantâneo é uma das melhores maneiras de otimizar a experiência de compra do cliente. Não deixe de fazer esse investimento na sua loja virtual. 

Se você já usa um chatbot no Facebook, que tal incluir uma configuração para que ele indique o WhatsApp Pay como forma de pagamento? Você pode complementar a experiência com uma mensagem breve e sucinta que explica como usar o recurso no app de mensagens.

E aproveitando que estamos falando de integrações com a loja virtual, você já implementou uma boa estratégia para as redes sociais da marca? Vale a pena considerar a utilização de um app para Stories do Instagram e criar uma certa padronização para o branding da marca; investir no uso das hashtags do Instagram para vender mais e aumentar o alcance orgânico dos posts. E se você ainda não sabe como anunciar no TikTok, também vale a pena começar a explorar o potencial dessa rede social.

O que o WhatsApp Pay representa para o mercado brasileiro

WhatsApp Pay: como funciona o serviço de pagamentos no app | Oberlo

O lançamento do WhatsApp Pay no Brasil vai acontecer no momento certo. Se antes da pandemia ter uma presença digital já era importante para a saúde financeira de praticamente qualquer empresa, agora é uma questão de sobrevivência. 

Num momento em que muitas lojas precisaram repensar a gestão de negócios e até mesmo procurar novos produtos para vender para acomodar as novas demandas do mercado e dos clientes, o lançamento do WhatsApp Pay é um acontecimento de extrema importância tanto para o setor comercial como para o setor bancário do país.

De acordo com uma pesquisa do Instituto Locomotiva, um em cada três brasileiros não possui conta bancária. Essa proporção representa 45 milhões de habitantes, que, segundo a mesma pesquisa, chegam a movimentar anualmente mais de R$800 bilhões. 

A chegada do WhatsApp Pay pode mudar esses números e fazer com que uma grande parcela dessa população saia da informalidade e passe a ter acesso a linhas de crédito. Esse movimento é muito importante porque aquece o mercado interno e faz a economia girar, o que é bom para todos.

Outra consequência positiva do advento do serviço pode ser o eventual fim da cobrança de taxas por transferências bancárias. Considerando a atual modernidade da infraestrutura dos bancos, é justo dizer que tarifas dessa natureza não fazem mais sentido.

WhatsApp Pay: conclusão

Além de aumentar a concorrência no mercado de pagamentos online, a nova funcionalidade lançada pelo WhatsApp abre um novo canal de vendas a ser explorado pelo empreendedor brasileiro e seus clientes.

Ao mesmo tempo em que traz conveniência e agilidade aos usuários brasileiros  sejam eles pessoas físicas ou jurídicas o WhatsApp Pay facilita a movimentação daqueles que desejam migrar para a economia online. 

Resumo: como funciona o WhatsApp Pay

  • O WhatsApp Pay começará a ser disponibilizado gradualmente para aparelhos móveis iOS e Android, tanto para usuários de contas pessoais quanto para contas que utilizam o WhatsApp Business.
  • O WhatsApp Payment já possui parcerias com o Banco do Brasil, o Nubank e o Sicredi, mas outros bancos podem participar no futuro.
  • A princípio, o WhatsApp Pagamentos funcionará apenas dentro do próprio aplicativo do WhatsApp. Ou seja: não vai ser possível acessar o recurso pelas versões web ou desktop do app.
  • Para transações pessoais, o limite de transferência mensal é de R$1.000; para contas empresariais, o limite é de R$5.000.
  • Como todas as transações precisam ser aprovadas por meio de biometria ou senha antes de serem efetivadas, não é possível que outras pessoas façam transferências ou pagamentos com o seu WhatsApp sem a sua autorização. 
  • Processar vendas de produtos e serviços diretamente pelo WhatsApp Business significa facilitar o processo de compras online por parte do cliente.

Descubra milhares de produtos para começar a vender online. Sem compromisso nem cartão de crédito.

Tenha Oberlo agora. É de graça.

Quer saber mais?

Team Oberlo
Team Oberlo