Skip to content
8 ideias de artesanato para vender online em 2021 | Oberlo

8 ideias de artesanato para vender online em 2021

Artigo por Time Oberlo

Está procurando ideias de artesanato para vender? E que tal descobrir como se faz para vender seus produtos na internet? Leia nosso post e aprenda!

Muitas pessoas estão estressadas com o trabalho, talvez porque são cobradas para alcançar um desempenho que está além da capacidade delas. Pode ser também que trabalhem muitas horas por dia sem receber um salário compatível com o esforço. Ou elas simplesmente não gostam da atividade que realizam, e isso torna o trabalho tedioso e desinteressante.

Quando terminam o expediente, algumas dessas pessoas não veem a hora de se dedicar a seus hobbies. Há quem saiba pintar muito bem, trabalhar com madeira ou produzir velas aromáticas. Assim, essas pessoas podem espairecer e até produzir algo bonito, que outras pessoas apreciam.

Acontece que muita gente ainda não parou para pensar que é possível transformar um hobby em uma fonte de renda extra. Inclusive, as estatísticas sobre pequenos negócios mostram que 40% dos brasileiros querem abrir um negócio próprio para realizar seus sonhos pessoais e profissionais.

Com a venda de artesanato, dá para ganhar uma renda extra com suas habilidades manuais — o suficiente para, quem sabe, abandonar aquele emprego estressante e ter um trabalho remoto.

Você tem algum talento voltado para as habilidades manuais? Então certamente vai gostar de conferir 8 ideias de artesanato para vender que separamos neste post. E não é só isso: vamos explicar também como vender artesanato pela internet para que você consiga encontrar um público interessado na sua produção.

Gostou da ideia de vender artesanato online? Então continue lendo para aproveitar as dicas de produtos para vender que trouxemos para você!

Como vender artesanato pela internet?

Como vender artesanato pela internet?

Existe uma maneira tradicional de se vender artesanato: as feiras públicas. São ocasiões em que vários artesãos montam suas barracas e oferecem seus produtos às pessoas que passam por lá. A equipe organizadora se encarrega da divulgação para que o maior número possível de pessoas se interessem em ir.

Mas quem já participou desse tipo de evento sabe que eles não são nada fáceis. As feiras duram alguns dias, nos quais é preciso começar o expediente cedo, às vezes ficar em barracas que não dão uma boa proteção contra o sol, a chuva e o vento, e trabalhar até bem tarde, em alguns casos enfrentando o frio.

Além disso, ainda há o risco de que as vendas sejam fracas — o que pode acabar frustrando os seus planos de venda de artesanato. Isso sem contar que as feiras causam aglomerações e, por isso, não voltarão a ser realizadas tão cedo.

Foi por essas e outras que os artesãos que ainda não tinham entrado para o mercado digital precisaram adaptar seus negócios para vender pela internet.

É por isso que quem ainda não trabalha na área prefere buscar ideias de artesanato para vender na internet, e não em uma feira ou outro evento similar. Só que não basta construir um site: é preciso saber também como vender artesanato nesse ambiente. 

Temos algumas sugestões para você:

Como vender artesanato: redes sociais

Quando se fala em vender artesanato pela internet, muitas pessoas logo pensam nas redes sociais — e faz sentido pensar nelas mesmo. As estatísticas do Facebook mostram que a rede tem 2,6 bilhões de usuários ativos mensalmente, então dá para encontrar muitos clientes em potencial na plataforma.

As estatísticas do Instagram também são impressionantes: a rede tem 1 bilhão de usuários, e metade deles acessa a plataforma todos os dias. Além disso, a rede tem um forte apelo visual, que é o ponto forte das peças feitas à mão.

Por isso, se você quer vender artesanato, vale a pena caprichar no seu perfil comercial, seja no Facebook, no Instagram ou em outra rede social. Além de postar fotos dos seus produtos, mantenha um bom relacionamento com os seguidores, conversando com eles e tirando as eventuais dúvidas que eles possam ter sobre os itens anunciados.

Há artesãos que gostam de anunciar seus produtos em grupos de compra e venda. Mas essa opção pode não trazer bons resultados, e daqui a pouco, quando falarmos sobre o marketing digital, você vai entender o motivo.

Como vender artesanato: marketplaces

A venda de artesanato também pode ser feita em marketplaces como o Mercado Livre e a Amazon. Na verdade, os artesãos geralmente preferem o Elo7, já que essa plataforma é exclusiva para a venda de artesanato.

Depois que você encontrar ideias de artesanato para vender, é possível aproveitar o tráfego dos marketplaces para entrar na disputa pela atenção dos clientes que fazem buscas nessas plataformas. No entanto, vale lembrar que esses marketplaces cobram comissões que nem todos os artesãos acham razoáveis.

Sem contar que o uso dessas plataformas pode prejudicar o fortalecimento da sua marca. Por exemplo, se você vender uma peça pelo Elo7, pode acontecer de o cliente associar o produto ao Elo7, e não a você, entende?

Com isso, a fidelização de clientes fica prejudicada, já que as pessoas talvez não venham a procurar seus produtos no futuro. Além disso, se você vender apenas por meio de marketplaces, será difícil fazer um bom trabalho de branding, e sua marca não terá uma identidade bem definida nem se tornará tão conhecida.

Assim, seus clientes não farão um marketing boca a boca tão intenso, o que poderá fazer seu negócio ficar um pouco estagnado. É claro que você pode vender por meio de marketplaces, mas não se esqueça de cuidar também do fortalecimento da sua marca no médio e no longo prazo, o que pode ser feito por meio de um site próprio.

Como vender artesanato: site próprio

Mesmo que você decida usar um marketplace, é importante criar um site e divulgá-lo

Podemos dizer que os marketplaces são como um imóvel alugado, e um site é como um imóvel próprio.

Em uma casa própria, você pode furar e pintar paredes, construir uma varanda e trocar o piso sem nenhuma preocupação. Com um site próprio acontece algo parecido: você pode fazer ele ter a sua cara, instalar recursos adicionais por meio de plugins e, claro, usá-lo para mostrar que seu negócio é profissional.

Os marketplaces, por sua vez, não dão tanta liberdade. O layout da sua loja precisa seguir determinados padrões, o formato do anúncio é definido pela plataforma e existem muitas regras que você precisa observar. Aliás, essas regras mudam de uma hora para outra, e você precisa dar um jeito de se adaptar.

Conhece aquela frase: “minha casa, minhas regras”? É justamente isso que acontece quando você tem um site. É muito bom ter essa liberdade para cuidar do seu branding e gerenciar seus clientes e suas vendas.

Mas, não importa quais sejam suas ideias de artesanato para vender e onde você vai comercializar sua produção, é preciso ter uma estratégia de marketing digital.

A importância do marketing digital na venda de artesanato

Um dos pilares do marketing digital é a elaboração de uma persona — um personagem semifictício que representa o seu cliente ideal. Depois de criá-la, você passará a ter uma noção melhor de como se comunicar com seu público-alvo, e, portanto, terá mais confiança na hora de atrair apenas potenciais compradores.

Lembra que falamos que os grupos de compra e venda nas redes sociais às vezes não trazem bons resultados para os artesãos? Acontece que dentro deles há pessoas com interesses muito variados, e talvez apenas uma minoria se interesse em comprar os produtos artesanais que você fabrica.

Por outro lado, com uma boa estratégia de marketing digital, é possível atrair para seu Instagram comercial e sua página no Facebook apenas pessoas interessadas naquilo que você produz e que, por isso mesmo, apresentam mais chances de se tornar clientes.

Sendo assim, é fundamental usar o marketing digital para ter sucesso ao vender artesanato. O Oberlo quer ajudar você nessa missão, e é por isso que preparamos um curso de marketing digital gratuito e em português. Não se esqueça de conferir, ok?

8 ideias de artesanato para vender

Está gostando do que você já aprendeu até agora sobre como vender artesanato na internet? Agora nós vamos mostrar 8 ideias de artesanato para vender no ambiente online.

Você leva jeito para as habilidades manuais? Então pelo menos uma das ideias a seguir vai dar certo para sua venda de artesanato.

Não deixe esse projeto de lado se você ainda não domina nenhuma técnica de artesanato, já que é possível desenvolver uma habilidade manual. Basta ter vontade de aprender, e dentro de algum tempo você já conseguirá fabricar peças que vão deixar os clientes impressionados.

Veja 8 ideias de artesanato para vender!

1. Ideias de artesanato para vender: amigurumi

Fonte: Pixabay

A palavra japonesa amigurumi é uma junção de ami (malha, tricô) e nuigurumi (boneca de pelúcia). É uma técnica baseada no tricô e no crochê para a confecção de bichinhos e personagens super simpáticos, que muitas vezes significam amor à primeira vista.

Assim que você criar sua loja de e-commerce, tente projetar uma página inicial bem cativante, com um monte de bichinhos coloridos sorrindo para os visitantes. Já pensou também como seu perfil no Instagram vai ficar bonito à medida que você for postando fotos dos seus produtos?

Quer dicas de como criar sua loja do zero? É só ver este vídeo:

2. Ideias de artesanato para vender: outras peças de tricô e crochê

Fonte: Pixabay

O tricô e o crochê abrem muitas possibilidades além do amigurumi. Aliás, se você quer aprender essas técnicas de artesanato, pode começar identificando a diferença entre as duas.

O crochê geralmente é usado para produzir traçados parecidos com a renda ou a malha. Inclusive, é possível usar uma variedade maior de fios com essa técnica. No crochê, usa-se aquela agulha que tem um gancho na ponta, como você vê nesta foto:

Fonte: Pixabay

O tricô, por sua vez, geralmente é usado na confecção de peças de lã, e a técnica é bastante usada em cachecóis, gorros, mantas etc. As agulhas usadas no tricô são estas:

Fonte: Pixabay

Já está imaginando como sua loja e seu Instagram Stories vão ficar bonitos com as peças de tricô e crochê que você vai fazer?

3. Ideias de artesanato para vender: macramê

Fonte: Pixabay

O macramê é uma técnica que também usa fios, mas eles são trançados e atados sem a ajuda de agulhas. Usando apenas as mãos, você pode confeccionar roupas, artigos de cama, mesa e banho e até mesmo objetos de decoração.

Inclusive, se você acha que teria dificuldade em aprender tricô e crochê, talvez o macramê seja uma oportunidade para você trabalhar com artesanato passando por um período de aprendizado mais curto.

Se você pensa em criar um e-commerce para vender artesanato, quem sabe o macramê pode ser uma boa ideia para seu projeto?

4. Ideias de artesanato para vender: artefatos de madeira

Fonte: Pixabay

Agora vamos sair um pouco do mundo dos fios para falar da madeira. As possibilidades de criação com esse recurso natural são infinitas, de modo que basta ter criatividade e habilidade no uso das ferramentas para criar lindos produtos.

Há artesãos que fazem questão de produzir suas peças sem deixar de lado a responsabilidade ambiental. Afinal, a matéria-prima pode ser obtida, por exemplo, a partir de galhos e árvores derrubados pelo vento ou de sobras de materiais de construção. Essa característica, inclusive, pode tornar o produto ainda mais atrativo para o cliente que valoriza o respeito ao meio ambiente.

Se você ainda não sabe trabalhar com madeira e tem vontade de aprender, saiba que é preciso tomar um cuidado redobrado na hora de operar ferramentas elétricas de corte. Aprenda com profissionais da área, leia os manuais das máquinas e use equipamentos de proteção individual para evitar se ferir, combinado?

5. Ideias de artesanato para vender: artefatos de cerâmica

Fonte: Pixabay

Para produzir peças de cerâmica, é preciso preparar a argila, sovando-a para expulsar as bolhas de ar. Depois vem a etapa de modelagem, que pode exigir diferentes ferramentas, dependendo da peça que você está criando. Por fim, coloca-se o objeto no forno para a argila endurecer.

São inúmeras possibilidades de criação, e as peças geralmente são usadas como utensílios de cozinha ou mesmo decoração.

E aí, será que você vai se dar bem com a venda de artesanato em cerâmica? Já pensou em como sua loja virtual ficaria interessante com tantas peças, independentemente de elas estarem na cor natural do barro ou serem pintadas?

6. Ideias de artesanato para vender: pinturas

Fonte: Pixabay

Um cômodo decorado com um quadro fica muito mais bonito, não é verdade? Quem domina a pintura consegue produzir obras de arte que podem valer um bom dinheiro. Então que tal ganhar dinheiro no e-commerce vendendo suas criações por meio da internet?

Não se esqueça de pensar também na embalagem, certo? Tenha em mente que as transportadoras geralmente não conseguem tratar as encomendas com tanta delicadeza, e é por isso que você precisa embalar suas pinturas de uma forma que elas cheguem ao destinatário intactas.

7. Ideias de artesanato para vender: velas aromáticas

Fonte: Pixabay

As velas aromáticas são as companheiras de quem quer relaxar ou deixar a sala e o quarto mais aconchegantes. Elas podem ser usadas na aromaterapia, já que alguns cheiros agem até mesmo no nosso comportamento, ajudando a melhorar o humor, despertando a atenção ou nos levando a um relaxamento mais profundo.

Visto que as pessoas têm sentido cada vez mais a necessidade de aliviar o estresse, que tal ver isso como uma oportunidade de negócio lucrativo e produzir velas aromáticas para trabalhar com a venda de artesanato?

8. Ideias de artesanato para vender: sabonetes

Fonte: Pixabay

Se providenciar os ingredientes, seguir as receitas direitinho e tiver criatividade, você com certeza vai conseguir fabricar sabonetes bem atrativos.

Há pessoas que compram sabonetes artesanais para dar de lembrança em comemorações e eventos. E, claro, algumas pessoas gostam de usá-los em casa mesmo, já que esse tipo de produto pode proporcionar sensações que relaxam.

Por isso, o que acha da ideia de montar uma loja virtual para vender sabonetes artesanais?

Ideias de artesanato para vender: resumo

Com as ideias de artesanato para vender que acabamos de mostrar, temos certeza que você vai conseguir transformar um hobby em fonte de renda. E não importa se seu negócio será de amigurumis, velas aromáticas, pinturas ou outras técnicas, o marketing digital pode fazer uma grande diferença no seu sucesso.

Que tal dar agora mesmo um passo importante rumo ao sucesso do seu negócio? Descubra como a Shopify pode ajudar você a vender artesanato online!

Quer saber mais?

Conteúdos relacionados