Saiba como a pandemia do COVID-19 vai impactar o dropshipping.

O que o Animal Crossing pode te ensinar sobre o empreendedorismo

O que o Animal Crossing pode te ensinar sobre o empreendedorismo

O Animal Crossing virou uma febre mundial durante a quarentena, mas pouca gente se deu conta de que ele é também um dos melhores jogos para quem quer empreender.

Disponível via Nintendo Switch, o jogo funciona da seguinte maneira: você começa a construir uma casa em uma ilha remota repleta de outros habitantes antropomórficos. Para conseguir dinheiro e itens necessários para a sua jornada, você pode vender, comprar, caçar, pescar e participar de eventos especiais.

Pode parecer um jogo bobinho e fofinho, mas jogá-lo com certa frequência pode acabar te ajudando a se tornar um bom empreendedor – isso é, se você não se esquecer de usar o resto do seu tempo para trabalhar na sua loja virtual e elaborar estratégias de marketing.

No post de hoje, então, vamos mostrar o que você pode aprender sobre o empreendedorismo (e as habilidades que pode adquirir) se jogar Animal Crossing.

Descubra milhares de produtos para começar a vender online. Sem compromisso nem cartão de crédito.

Tenha Oberlo agora. É de graça.

Lições de empreendedorismo no Animal Crossing

1. Vender no Stalk Market

Todos os domingos, o Animal Crossing abre o Stalk Market – uma versão ficcional de um mercado de ações tradicional, que funciona principalmente como uma lição rápida sobre investimentos.

No Stalk Market, os jogadores podem comprar nabos para revendê-los durante a semana. No mercado de ações, a regra é comprar quando o preço está baixo para poder revender mais tarde, por um preço mais alto: por isso mesmo, você precisa se perguntar se vale mesmo a pena gastar seu dinheiro ficcional do Animal Crossing para comprar os nabos (que seriam as “ações”) naquele momento. Se você ainda é um novato no jogo, como saber se o preço de compra está baixo? E como garantir um bom preço de venda?

Esse tino para saber quando comprar e vender só vem com a experiência de jogo, mas é um bom treino para o mundo real do mercado de ações e investimentos.

Lição de empreendedorismo: Vender no Stalk Market

2. Negociar com outros jogadores

Um dos recursos mais legais do Animal Crossing é poder visitar as ilhas de outros jogadores sempre que você quiser. Quanto maior essa rede de amigos e conhecidos, maiores as chances de encontrar oportunidades de compra e venda.

Adicionar novos usuários à rede de conhecidos do jogo não é difícil; o difícil é tomar a iniciativa e ofertar um produto a essas pessoas.

A situação é bem semelhante no e-commerce: conseguir o endereço de e-mail de um usuário pode ser relativamente fácil se você oferecer um código de desconto na primeira compra. O difícil é convencer esse usuário a realizar a primeira compra.

Lembre-se: quanto maior a sua rede de jogadores, maiores as chances de ganhar dinheiro a longo prazo.

3. Produtos em alta demanda vendem mais

Todos os dias, a Nook’s Cranny (principal loja da ilha) anuncia um produto especial, requisitado por todos os habitantes. Esse produto costuma ter um preço mais alto, e normalmente é anunciado pelo dobro do valor que costuma ser praticado na loja para os demais itens.

O motivo para essa estratégia diferenciada de precificação é bem simples: a demanda pelo produto é muito alta e não há itens suficientes para todos os compradores.

A regra de mercado no mundo real funciona da mesma forma: quanto maior a demanda por um produto, maiores as vendas que esse item vai acumular. E, se não houver itens suficientes para todos os compradores, os preços vão aumentando cada vez mais.

É por isso que o mercado imobiliário é tão concorrido e tão caro em algumas cidades; e é por isso, também, que itens como papel higiênico e álcool em gel começaram a sumir das prateleiras dos supermercados nos últimos meses. É a lei da oferta e da procura.

Mas, cuidado: não adianta ser ganancioso e querer colocar os preços lá no alto, pois isso só vai afastar novos clientes.

Produtos em alta demanda vendem mais na Nook’s Cranny

4. Alguns clientes estão dispostos a pagar mais

Se você está precisando vender algum item com certa urgência, a Nook’s Cranny certamente é a melhor opção; o problema é que lá você nem sempre vai conseguir negociar a venda pelo melhor preço.

É aí que entra uma das grandes vantagens de jogar Animal Crossing: aguardar as visitas dos personagens especiais, que podem acessar a ilha sempre que quiserem. Não raro, esses personagens muitas vezes estão dispostos a pagar mais por aquele mesmo item que você ia vender por um preço mais baixo na Nook’s Cranny.

Se você coleciona insetos e borboletas, pode vendê-los para o Flick; e, se você está pescando uma boa quantidade de peixes, é possível vender uma parte para o C.J.

A questão, aqui, é saber armazenar os seus produtos e aguardar até que o cliente ideal apareça – e perceber que, às vezes, pode valer mais a pena vender para clientes individuais do que vender em lojas maiores que não valorizam o seu produto.

Você pode ganhar mais dinheiro se vender diretamente para o Flick

5. A importância dos juros

Você provavelmente já sabe da importância dos juros compostos – e que é mais vantajoso colocar o seu dinheiro no banco para deixar que ele renda sozinho do que ir juntando sacos de dinheiro debaixo do colchão.

Esse conselho vale para a vida real, e também para o Animal Crossing: quanto mais dinheiro você juntar, maiores os rendimentos que esse dinheiro vai gerar. A situação pode ser considerada uma forma de renda passiva, e pode render bons frutos.

6. De grão em grão…

Esta não é uma lição que você vai aprender só por jogar Animal Crossing, mas é algo que vale para o jogo e principalmente para a construção e o gerenciamento de uma loja virtual.

O Animal Crossing é o tipo de jogo construído para ser jogado em pequenas etapas diárias: você precisa pescar, coletar insetos, escavar fósseis, comprar itens, construir coisas, viajar para outras ilhas e ganhar dinheiro com a venda dos seus produtos.

Esse mesmo conceito pode ser aplicado ao mundo dos negócios: se você se dedicar diariamente a otimizar e ajustar elementos e partes específicas da sua loja virtual, eventualmente vai conseguir um resultado final de tirar o fôlego.

Não se trata de virar noites para construir tudo o mais rápido possível, mas sim construir algo que seja valioso e forte para durar por muito tempo. Você provavelmente não vai ser um gênio no Animal Crossing logo no primeiro dia – mas, se for investindo corretamente nos nabos e conseguir vender os produtos certos para os clientes certos, vai construir um patrimônio virtual invejável.

7. Você pode vender o que quiser

Conseguiu caçar ou armazenar algum item enquanto estava jogando? Ótimo, já dá para vender.

Um dos conceitos inovadores do Animal Crossing é a possibilidade de reconstruir e reutilizar os itens coletados durante o jogo para depois vendê-los. E vale tudo: de latinhas de lixo até coisas flutuando no oceano, tudo pode virar um novo item para venda.

No mundo real, a criatividade e o talento para garimpar são elementos importantes de muitos nichos de negócios: móveis em péssimas condições que podem ser reformados, materiais plásticos que podem transformados em novos itens e assim por diante.

Você pode vender o que quiser, tanto no jogo como no mundo real: é só uma questão de saber como criar um novo produto e como anunciá-lo para os seus clientes.

Dá para vender de tudo no Animal Crossing

8. Dá para começar com pouco

Em uma semana de Animal Crossing, você pode conseguir milhares de bells (a moeda do jogo) se souber realizar as atividades certas. Contudo, isso não acontece com todo o mundo – assim como quase nenhum empreendedor consegue realizar muitas vendas logo nas primeiras semanas de funcionamento da loja.

Se o sucesso no Animal Crossing está, assim como no mundo real, associado ao item que você está vendendo, ao nicho com o qual você está trabalhando e ao público-alvo selecionado, é crucial saber como testar novos produtos.

No Animal Crossing, você não precisa investir muito dinheiro para testar uma nova ideia: basta construir o item e tentar vendê-lo. No mundo real, o modelo de negócios do dropshipping também pode acabar te ajudando, já que você não vai precisar investir no estoque físico de produtos.

9. Vender para amigos e conhecidos

Como já mencionei antes, uma das ações principais do Animal Crossing é vender produtos da sua ilha para os habitantes locais e visitantes externos.

No entanto, pode ser mais produtivo olhar essa ação não como uma venda, mas sim como uma experiência de troca: se você estiver jogando com amigos e conhecidos, pode oferecer uma transação de troca sempre que quiser vender algum produto. O mais legal é que você pode receber um presente ou então alguns bells – e esses bells podem valer mais do que aqueles que você conseguiria numa venda pela Nook’s Cranny.

10. Expandir os horizontes

Um dos pontos altos do Animal Crossing é poder usar as Nook Miles (uma espécie de programa de milhas do jogo) para pegar uma passagem aérea e viajar até ilhas desertas.

Vale a pena usar os primeiros voos para importar alguns habitantes e popular a sua ilha, pois assim você vai conseguir criar uma comunidade mais ativa. Feito isso, você pode começar a usar esses voos para importar recursos inexistentes na sua ilha – frutas, pedras, tarântulas, fósseis, peixes raros e muito mais. Esses itens podem ser vendidos por preços elevados ou então colocados nos museus locais que você construiu.

O mesmo princípio vale no mundo dos negócios: às vezes, é preciso cavar mais fundo para encontrar o ouro. E, outras vezes, é preciso descobrir novos espaços e lugares que possuem aquilo que você está procurando.

Viajar com as Nook Miles para novas ilhas

11. Testagem de ideias e produtos

O Animal Crossing também é um dos melhores jogos para empreender porque ensina a importância de testar ideias e produtos.

Durante o jogo, você vai precisar plantar flores para criar plantas híbridas – que vão atrair novas borboletas e insetos (que, por sua vez, poderão ser vendidos para o Flick ou na Nook’s Cranny).

Sim, é claro que já deve ter um tutorial ou um detonado rodando a internet sobre como criar os melhores híbridos; mas, se você for como eu, certamente vai apostar na abordagem de tentativa e erro durante o jogo.

Essa abordagem, afinal, é a mesma que usamos no mundo do e-commerce. A internet pode até te ajudar com uma dica ou outra, mas os resultados só começam a aparecer quando você passa a testar concretamente novas ideias de produto em novos mercados.

12. Design simples e intuitivo para a loja

Uma coisa meio irritante aconteceu da última vez que eu joguei Animal Crossing: eu tinha dezenas de insetos armazenados para vender ao Flick quando ele aparecesse – e, quando ele finalmente visitou a minha ilha, passei alguns bons minutos pegando todos os insetos manualmente e repassando todos eles ao meu visitante.

Foi um processo tedioso e demorado, e me fez pensar que seria tão mais fácil se tivesse um botão “Adicionar” ou “Adicionar ao carrinho”. O mesmo vale para o site da sua loja: ele precisa ser intuitivo, simples e projetado para que os usuários possam navegar pelos produtos sem grandes dificuldades.

13. É importante adicionar novos produtos com certa frequência

Assim que as Able Sisters abrirem uma loja na sua ilha, você vai perceber que praticamente todos os dias elas começam a vender um novo item.

E sabe o que acontece quando elas começam a fazer isso? Você e os outros habitantes passam a acessar a loja delas todos os dias para ver o que há de novo por ali.

O mesmo acontece no mundo real: se você adiciona novos produtos diariamente ao catálogo de produtos da loja, o tráfego diário gerado será considerável. Os gigantes do comércio digital já fazem isso, e certamente é um dos motivos pelos quais essas marcas se tornaram tão famosas: como elas vendem de tudo, os clientes sabem que basta acessar o site da loja para encontrar o que estão procurando.

Novos produtos diariamente

14. Fazer pesquisa de mercado

Uma vez por semana a Label (uma das irmãs Able) visita a ilha para fazer aquela boa e velha pesquisa de mercado: assim que ela te encontra, ela lança um desafio como, por exemplo, criar uma nova roupa. Em troca, você recebe um presente.

No e-commerce, esse presente pode ser entendido como um brinde: uma estratégia de marketing que certamente pode render bons frutos para a sua loja.

Para além disso, esses momentos do jogo mostram como é importante fazer uma pesquisa de mercado para testar novos produtos e ideias. Sempre que possível, entre em contato com os seus clientes e incentive-os a interagirem com a marca: dessa forma, você vai entender mais a fundo o que eles esperam da loja, e o tipo de produto que desejam comprar.

15. Definir expectativas e objetivos concretos

Durante as primeiras semanas após a chegada das Able Sisters, você provavelmente vai notar que a Sable (a outra irmã) está sempre super ocupada e sem tempo para conversar.

O motivo é bem simples: como a loja tem novos produtos todos os dias, Sable está sempre na máquina de costura, criando novos modelos para os habitantes da ilha.

Nesse sentido, ela é também um modelo de empreendedorismo bem próximo da realidade: afinal, empreendedores trabalham – e muito.

16. Alto custo do estoque físico de produtos

Outro motivo que faz do Animal Crossing um dos melhores jogos para empreender é o fato de que ele realmente mostra como o estoque físico de produtos pode ser custoso e difícil de gerenciar.

No jogo, você vai precisar assumir uma dívida sempre que quiser aumentar o espaço do estoque físico – sem contar que esses espaços acabam se enchendo bem rápido sempre que você jogar.

No mundo real, vale a pena lembrar que o estoque de um produto não vendido pode ocupar um espaço considerável, e que nada disso é de graça: você precisa pagar ou o aluguel do espaço, ou um serviço de gerenciamento e, pior, pode entrar no prejuízo se começar a estocar um produto que não está vendendo bem.

17. A importância de comprar dos pequenos e cultivar a economia local

Sempre que uma nova ilha é criada dentro do Animal Crossing, uma nova comunidade começa a crescer: visitantes começam a firmar residência, o número de habitantes vai aumentando e novas lojas começam a surgir.

Ou seja: a ilha se transforma não só numa comunidade unida, mas também numa pequena economia local. Não fossem essas lojas, os habitantes da sua ilha não teriam como comprar comida, roupas e itens para sobreviver.

Como empreendedor, é importante trabalhar sempre com vistas a criar um impacto positivo na sua comunidade; além disso, é igualmente importante reinvestir parte dos seus lucros em outros negócios locais.

Importância de fortalecer a economia local

Conclusão

Jogar Animal Crossing pode ser uma boa forma de passar o tempo, se distrair e descansar depois de um dia de trabalho. No entanto, esse jogo altamente viciante também pode te ajudar a ganhar novas habilidades como empreendedor.

Aproveite as lições que listamos aqui e comece a otimizar a sua loja – ou, se preferir, jogue mais um pouquinho para descobrir novas ideias!

Conhece outros jogos para empreender? Tem alguma dica sobre o Animal Crossing? Deixe um comentário aqui embaixo!

Descubra milhares de produtos para começar a vender online. Sem compromisso nem cartão de crédito.

Tenha Oberlo agora. É de graça.

Quer saber mais?

Nós usamos cookies para proporcionar uma experiência de navegação otimizada. Pedimos que clique no botão Aceitar para que possamos continuar a personalizar os conteúdos exibidos. Para mais informações, consulte a nossa Política de Privacidade.

Recusar